Em vez de se adaptar a mudança,
por que não ser a mudança?

Em vez de chegar a um fim,
por que não aproveitar o caminho?

Em vez de ser alguém,
por que não estar em constante construção?